A vida não é fácil para os engenheiros e operadores de rede óptica. As operadoras, data centers e outros provedores de internet para os quais estes profissionais trabalham continuam investindo na atualização de suas redes para oferecer suporte não apenas ao 5G, mas também a uma série de serviços de largura de banda e uso intensivo de dados que contarão com esse padrão de rede móvel. Na discussão em torno dessas atualizações de rede, é fácil se concentrar em desenvolvimentos interessantes em torno de padrões abertos, trazendo 100G DWDM para a borda da rede, 5G xHaul, 400G e muito mais. No entanto, é importante reconhecer que a necessidade de redes de alto desempenho criou dois principais desafios que mantêm os engenheiros de rede acordados à noite. Resumidamente, são eles: redundância Operacional e agilidade de rede.

Resolver esses desafios primeiro será essencial para a adoção bem-sucedida das novas tecnologias que devem transformar o setor de redes ópticas e o mundo. Aqui estão nossos pensamentos sobre cada um:

  • Redundância Operacional

É verdade que as tecnologias emergentes e o interesse do usuário final em serviços com uso intensivo de dados estão impulsionando a demanda por serviços de maior largura de banda, como 400G e até 800G. Do ponto de vista logístico, no entanto, o que torna possível atender a essa necessidade é o número cada vez maior de switches, roteadores e filamentos de fibra óptica de alto desempenho que estão sendo adicionados às redes atuais.

Quanto maior a capacidade da rede óptica, piores serão os efeitos do tempo de inatividade não planejado. As operadoras de redes ópticas já pensam em redundância em alto nível, estabelecendo rotas por fibra óptica secundária e terciária, caso a primária falhe. Os mesmos princípios devem ser aplicados no nível do equipamento para garantir a verdadeira redundância da rede. Por exemplo, os engenheiros precisarão cada vez mais pensar em alavancar switches com mais portas e suporte à maior quantidade de placas, acima do que é necessário apenas para operar a rede. Consequentemente, mais portas e placas impactarão em uma maior necessidade de transceivers ópticos, que alguns fabricantes infelizmente chegam a vender cerca de 350% mais caro, de acordo com o artigo escrito pela empresa Gartner.

Sem viabilidade para aquisição dos transceivers, alcançar a redundância operacional ideal para sua rede óptica continuará sendo um desafio. Felizmente, nós da Precision podemos proporcionar redundância para sua rede por meio de acessibilidade e viabilidade dos transceivers ópticos ofertados.

  • Agilidade de rede

As redes ópticas atuais estão cada vez mais complexas, envolvendo vários componentes de hardware e links de distâncias variadas. As operadoras e provedores de internet estão redesenhando redes inteiras para atender aos altos requisitos de desempenho do 5G. Entre muitos outros requisitos, as redes ópticas de amanhã precisarão:

  • Acomodar um crescimento exponencial na quantidade de dados que serão transmitidos na borda da rede, de aproximadamente 1 milhão de dispositivos para cada quilômetro quadrado;
  • Transportar os dados entre a borda, a nuvem e o core da rede em altas taxas com latência baixíssima;
  • Executar de forma dinâmica e inteligente, o direcionamento do tráfego conforme necessidade, garantindo a separação flexível de serviços para as fatias de rede que permitirão uma série de aplicações dependentes da tecnologia 5G;

Construir redes ágeis e inteligentes exigirá automação e análise. Até agora, o desafio para as operadoras de rede está em tentar conciliar e integrar várias ferramentas de software e plataformas de hardware em uma rede definida por software (SDN). Na Precision, o nosso Grupo de Engenharia Avançada está trabalhando na construção de softwares de forma que seja possível gerenciar várias plataformas dentro de uma SDN usando o mesmo software para monitoramento, diagnóstico e configuração. De diferentes formas, essa plataforma futura e abrangente pode ser pensada como uma caixa que contém outras plataformas e ferramentas dentro dela. Já revelamos o Lightseer, o primeiro aplicativo SDN baseado em Machine Learning para monitorar e analisar a camada física de um SDN óptico. Mas não paramos por aí, então fique ligado!

Em suma, as redes ópticas em implantação e futuras oferecerão capacidades transformadoras que afetarão a maneira com que as pessoas vivem e se comunicam. A jornada para essas redes, no entanto, não é fácil, pois os engenheiros de rede lidam com desafios relacionados à equipamentos, custo, software e o gerenciamento da cadeia de suprimentos. Felizmente, estes desafios têm uma saída: encontrar o parceiro certo para soluções de rede óptica. Somos nós, que ofertamos produtos acessíveis e de altíssima qualidade, até soluções de softwares avançados e emergentes. Podemos apoiá-los em sua jornada para as redes do futuro. Fale conosco e deixe-nos mostrar-lhes o caminho FonNet Networks | Precision!

Gostou desse conteúdo? Leia também:

Entenda sobre os canais de transmissão e sistemas de comunicações ópticas

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.